domingo, 22 de novembro de 2009

RELACIONAMENTOS



Bom Dia Queridas e Queridos,

Geralmente, quando me proponho a fazer um texto não fico imaginando o que irá agradar ao leitor do outro lado, uma vez que a minha proposta foi, exatamente, expressar neste espaço as minhas impressões sobre vida e, estas impressões podem ser positivas ou negativas dependendo do ponto de vista pessoal de cada um.

Também não sigo regas com relação à estrutura do texto ou colocações sejam pronominais, coloquiais, verbais e outras mais.

Busco colocar o que eu sinto no momento que meus dedos tocam o teclado. Também, raramente volto pra rever o texto, consertar, mudar, trocar...

Se houver necessidade de consertos verbais, na hora certa serão feitos. Já tenho coisinhas demais na minha vida para consertar e não quero me jogar mais uma responsabilidade em consertar letras dentro de desabafos internos. Deus abençoe o inventor do corretor ortográfico.

Verdade! Estou meio amarga hoje. Cansada! Doída!

Após 12 meses sem menstruar, recebi o presente neste sábado, Aff .. Hemorragia enorme ... Nunca num dia só houve uma manifestação de varizes estourando nas minhas pernas como neste sábado até eu chegar num ponto que não conseguia mais andar, fiquei quase toda a tarde na cama, é ridículo mas até na sola dos pés as varizes estouraram. Minhas pernas estão roxas.

Bem, vamos à proposta do texto.

Já estou cansada de colocar açúcar em situações que na regra da vida deveriam ser doces, agradáveis e extremamente fáceis uma vez que, nascemos para relacionamentos, com nossa família, com parentes, na escola, no trabalho, igrejas, clubes e demais organizações sociais.

Remeti meu pensamento na direção de alguns relacionamentos que aconteceram e acontecem na minha vida e não poderia deixar de passar pelo relacionamento espiritual: Deus, Jesus e o Espírito Santo.



Ontem fiz um almoço muito bom e convidei ao Espírito Santo para vir almoçar comigo (Ele gosta de nhoque), desfrutamos de alguns momentos bons de conversa fiada, conversa séria, reclamações, murmurações e algumas lágrimas (algumas não... muitas lágrimas).

Nas minhas refeições aqui, estou sempre sozinha, então, foi boa esta visita.

Esta conversa não poderia ter ido em outra direção que não fosse o relacionamento com Jesus, o meu com Ele e o d´Ele comigo.

Duas ordens são imperativas neste relacionamento, a saber:

“E, respondendo Ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.” Lucas 10:27.

O primeiro é fácil! Nossa existência está baseada neste relacionamento.

Agora, o segundo... Hum!

Dentro destas elucubrações me veio à mente uma outra história que, nesta manhã foi confirmada pela palavra do Apostolo Valdemiro Santiago ao falar sobre o relacionamento de Jesus com os ladrões que dividiram o espaço da cruz com Ele. Coincidência? Não, creio que providência. E, como tal, não poderia deixar de escrever sobre isso aqui.

Todos conhecem a história da crucificação de Cristo junto a dois ladrões. Ou seja, Jesus se viu obrigado a manter um relacionamento com duas pessoas que não faziam parte do seu mundo celeste que não conheciam a palavra (afinal eram ladrões e quem conhece a lei judaica pode entender) e que estavam pagando por uma pena que nada tinha haver com a penalidade redentora e salvadora de Jesus Cristo.

Mas Jesus não deixou de manter um relacionamento pessoal com estes dois homens e ainda sim, preocupou-se na salvação dos ladrões. Pena que somente um, O reconheceu como o Senhor Salvador e pode desfrutar com Ele as maravilhas do paraíso e, alegremente naquele mesmo dia, conforme promessa de Jesus (cumprida, eu tenho certeza).

Que ironia, ter que dizer que, neste caso, devemos seguir o exemplo do malfeitor.

Quantos de nós temos seguido o exemplo dos malfeitores deste mundo, com a diferença que estes malfeitores não nos levam a lugar nenhum, não aprendemos nada com eles e não crescemos nem em espírito, nem em verdade e nem como pessoas descentes.

E, mais triste ainda, muitos destes malfeitores estão convivendo conosco, com a nossa permissão vestidos de cordeiros e voando sobre nós como anjos, ditando a direção da nossa vida, orientando nossos passos...

Estamos aceitando estas imposições de relacionamento forçados com a mentira, com a desonra dos nossos lares, com a promiscuidade vinda da TV, sendo coniventes com o adultério e fornicação simplesmente porque temos que manter um grande número de relacionamentos no mundo.

Pra que?

Pra parecermos bonzinhos?

Simpáticos?

Aceitáveis na sociedade?

Pra termos uma lista enorme de destinatários de-mails e um monte de adições nos Orkut´s e Facebook´s da vida?

Será que o nosso perfil está na página do livro da vida?

Estamos sim, sendo seguidos pelos twitters da vida. Twitter Satanás. Ele tem todo o tempo e uma grande virtude que não temos, ele é paciente. Sabe esperar a oportunidade certa.

Um domingo super abençoado a todos ...



3 comentários:

Elizete disse...

Uau!! Ótima reflexão... não conseguia parar de ler...eu sei que eu não passei, hoje, domingo, no seu blog por acaso...foi providência... precisava muitoooo... Deus sabe como!
Rosinei, Que o Senhor sempre te fortaleça, que Ele esteja sempre com vc nos almoços, cafés, jantares, lanches e em todos os momentos... Bjksssss
Lili

Andressa Bragança disse...

Te amo minha amiga. Vc é benção 51 na minha vida, puríssima *rs
Bjsssss

Escritora em construção disse...

Expressar amor, admiração, carinho, amizade, ternura é sempre muito difícil ainda mais depois de ler um texto como este. Você se mostra, se revela, e convida a quem ler a te conhecer, a refletir, a mudar....Sábias palavras!
Te amo amiga! Muitão!

Bjs