sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Uma vida de rascunhos!



Alguém disse que podemos todos os dias “re-escrever” nossa história. Positivo e verdadeiro.

Eu mesmo, escrevo todos os dias a minha existência em um rascunho, em uma folha velha pra todo dia ser obrigada a passa-la a limpo.

Assim, como uma flor que nasce pela manhã, com o sol, com o vento, com as luzes e ao final se fecha pra poder nascer novamente no dia seguinte. Se aquela determinada flor morre pela crueldade do tempo ainda tem todo a planta para gerar novas flores, assim como gera-se novos sonhos.

... cada dia é um dia novo, um sentimento novo, um sonho novo, um sonho renovado, um momento novo ...

Sim, sou esta flor, que todos os dias dá o colorido ao dia e sei que, encontro todos os dias, outras flores que dão o colorido que a minha vida precisa ter.

Enfim (adoro enfim) ... então ... enfim ... acho que a vida é isso: rascunhos, nascimentos, flores, cores e cheiros ... a vida é passado e presente... futuro ... a vida é assim, mansa, calma, chata, irritante e ao mesmo tempo, dinamica, rápida, insegura e fugaz ... é bom viver, contrariando os desejos de várias pessoas que não suportam a idéia de ter em suas próprias mãos o destino da sua vida.

Aquela coisa insensata e infeliz de sermos donos do nosso próprio destino, responsáveis pelas nossas (in) felicidades, tropeços, acertos e caída (recaídas também).

Viver é assim ...


1 comentários:

Walquíria e Bruno disse...

Oi, amiga! Estou passando para rever as minhas preciosas amizades. Seu blog está lindo. Te linkei no meu PSP para JESUS. Bjinhos!